terça-feira, 26 de agosto de 2008

Perfume - A história de um assassino


Estava em um evento com lançamentos dos perfumes internacionais de todas as marcas e designers possíveis e imagináveis quando me dei conta do quanto adoro esse universo dos aromas. Quando afirmei isso, minha amiga me recomendou um filme que tem tudo a ver com essa paixão pelas fragrâncias. Assisti e adorei. Quem se interessa pelo poder do perfume e sabe que um cheiro pode gerar uma série de sensações e reações também vai amar Perfume - A história de um assassino, de 2006, disponível em DVD. Adaptação do romance homônimo e best-seller do escritor alemão Patrick Suskind, a história se passa na França do séc. XVIII e nos apresenta a trajetória do orfão Jean Baptiste, que teve uma infância de miséria e abandono, mas nasceu com um raro dom: uma extremada sensibilidade olfativa. Jean Baptiste, interpretado pelo ator inglês Ben Whishaw, passa por poucas e boas trabalhando como escravo em um curtume, até que sua habilidade de gênio dos aromas conquista a confiança de um renomado porém esquecido perfumista parisiense, de quem vira aprendiz. Mil fragrâncias depois..... ele ruma para a região da Provence (o que são aqueles campos de lavanda, por Cristo! Sonho) para aprender mais sobre os mistérios e técnicas de capturar aromas de flores e ervas. Mas sua obsessão é preservar o cheiro enebriante de belas jovens. Aí que o assassino entra em cena. E em versão serial killer. Final surpreendente, brilhante roteiro adaptado e direção de Tom Tykwer.

4 comentários:

Claudia Pimenta disse...

oi marília! se vc gostou do filme, leia o livro - é ainda mais contundente! já li há mts anos, qdo ele foi lançado... mas o filme eu não vi. bjs, querida!

Bianca disse...

O livro, faço questão de te emprestar, se é claro, encontrá-lo em meio a bagunça que a minha casa se encontra. hehe
Beijos
Bia

Nádia Tamanaha disse...

Hummm, essa história parece boa, vou aproveitar a dica!

Beijo

Tania Pimenta disse...

Marilia qdo li o livro há alguns (muitos) anos, detestei!!
Como adoro cinema e às vezes o pessoal adapta tanto a historia q ela fica diferente (kkk) pode ser q eu goste do filme...
Beijins